A Página da Educação é uma revista semestral. Propriedade da PROFEDIÇÕES, Lda.

‘50 Anos de Democracia, 50 Assembleias Participativas Jovens’

O projeto ‘50 Anos de Democracia, 50 Assembleias Participativas Jovens’, que visa equipar os jovens com ferramentas para incentivar a sua participação democrática, já envolveu mais de 3.300 alunos em 40 Assembleias Participativas, realizadas em 24 cidades de Portugal continental e ilhas. Com esta iniciativa de educação para a cidadania e desenvolvimento local, milhares de jovens estão a ser desafiados a dialogar com os seus representantes políticos e a transformar os seus territórios; a pensar, em contexto escolar, em melhorias para a sua escola ou para a sua cidade.

PÁGINA, 12.07.2024 01h05

  
Edição nº 222




Assinar a Revista

Ser Assinante da Revista 

Dê apoio à existência desta revista. 

Seja nosso assinante


a Página

Estatuto Editorial

Ficha Técnica

Lista de Colaboradores

Publicar na Revista a Página da Educação

Tabela de Publicidade


Livros

Ana Maria Vieira


Organizações de Professores



Facebook

A Universidade de Lisboa, em conjunto com o Instituto Politécnico de Lisboa, vai disponibilizar, a partir de 2025, uma nova formação online em competências digitais.

PÁGINA, 12.07.2024 01h43



A celebrar um ano de atividade, o Serviço Educativo do Coliseu do Porto apresenta duas Oficinas de Verão, que vão decorrer ao longo de julho e agosto, dedicadas ao teatro e ao desenho e pintura.

PÁGINA, 12.07.2024 12h11



Ao longo do mês de julho, decorrem as Noites no Pátio do Museu, no Porto, com mais de duas dezenas de eventos de entrada livre e abertos a toda a população.

PÁGINA, 12.07.2024 01h23



A Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto (FBAUP) apresenta a exposição ‘Direitos, Liberdades e Garantias’, de 2 de julho a 26 de outubro.

PÁGINA, 01.07.2024 11h05



O músico e compositor Fausto Bordalo Dias morreu na madrugada desta segunda-feira aos 75 anos, vítima de doença prolongada.

PÁGINA, 01.07.2024 11h00



O Curtas Vila do Conde, que decorre de 12 a 21 de julho, tem uma programação que olha para o panorama nacional e internacional do cinema, com especial enfoque na curta-metragem.

PÁGINA, 27.06.2024 02h37



A terceira edição do ranking Research.com com os melhores cientistas nas áreas da neurociência e da medicina em todo o mundo indica os melhores portugueses.

PÁGINA, 20.06.2024 05h31



A Casa do Design, em Matosinhos, acolhe até 27 de outubro a exposição ‘Para Ser Eterno Basta Ser Um Livro – Editorial e Design do Livro em Portugal no Século XX’.

PÁGINA, 20.06.2024 11h25

  
Reportagem – PÁGINA 204

As cidades são feitas de homens. De casas, de ruas, de árvores. De poesia. E as palavras descrevem-nas, cantam-nas. Podemos sentir as cidades em cada verso. Tal como a atravessar um rio, a olhar o casario, a passar num jardim se pode sentir o pulsar poético da cidade. Que relação é esta? Numa esplanada na Praça da Batalha (Porto), tentámos perceber com Pedro Lamares – ator, professor de teatro, leitor e amante de poesia – esta dinâmica de como encontramos poesia na cidade, na nossa vida. Podem, então, as cidades ser objetos poéticos? [Reportagem de Maria João Leite e Fotografia de Ana Alvim - edição nº 204, série II, inverno 2014]

PÁGINA, 04.02.2020 04h29



Fernando Rosas à PÁGINA 207

"Foi o começo de outra vida. Para as pessoas da minha geração há duas vidas: uma até ao 25 de Abril e outra depois; acho que falo pelos portugueses em geral. É, sem dúvida, o dia mais importante da minha vida. Em todos os aspetos. Foi o dia em que tudo mudou, na nossa vida, no quotidiano, no trabalho, nas relações entre as pessoas, tudo mudou. Foi o fim de meio século de fascismo, de ditadura, de opressão, e o começo de uma vida em democracia, em liberdade. Por muitos acidentes que a vida democrática tenha; não há nada que se compare. Está fora de questão." [Entrevista conduzida por Maria João Leite - edição nº 207, série II, verão 2016]

PÁGINA, 18.02.2020 03h57



Lurdes Figueiral à PÁGINA 207

"De facto, na sua essência, a Matemática é uma disciplina muito abstrata. Mas não podemos confundir a ciência matemática, a Matemática do Ensino Superior, com as abordagens matemáticas das crianças desde os primeiros anos de contacto com a escola. Se enfrentam logo essa Matemática, vão criar resistência, porque lhes está a ser dado algo que não são capazes de digerir. Por isso é que temos insistido em que estes programas são maus; não porque tenham erros matemáticos, mas porque têm erros didáticos, inclusivamente daquilo que é o programa, as abordagens dos conteúdos matemáticos. Isso está muito desajustado. Não há aprendizagem consistente apenas na repetição de procedimentos que não compreendem, que mecanizam e não compreendem." [Entrevista conduzida por Maria João Leite - edição nº 207, série II, verão 2016]

PÁGINA, 13.02.2020 04h49

Contactos de correio electrónico
redaccao@apagina.pt | revista@apagina.pt | livros@profedicoes.pt

131 visitantes nos últimos 20 minutos