Página  >  Edição IMPRESSA

A Página da Educação é uma revista semestral. Propriedade da PROFEDIÇÕES, Lda.

Edição em papel

Milhares de textos da edição em papel encontram-se online, e podem ser consultados gratuitamente. Encontre-os aqui, classificados por Edição e por Autor.

 


 

 

005. Editorial

Vinte e cinco anos pela educação e pela democracia

Isabel Baptista

 

006. 25 anos de PÁGINAS escritas com dedicação

A PÁGINA é um espaço de partilha e de reflexão, sobre educação e outros temas que fazem parte da vida dos docentes. Já foi jornal e agora é revista, para ser saboreada. Está de parabéns, faz 25 anos!

Maria João Leite

 

012. PÁGINAS DE 25 ANOS

Ao longo dos anos, naturalmente, o look da PÁGINA foi sofrendo mudanças: em formato jornal, a preto-e-branco e depois a cores, e agora em formato revista. Sempre a pensar nos leitores, nos mundos que habitam, nas vidas que percorrem.

Portefólio d’A Página da Educação

 

020. 25 anos em campanha

Hoje vou falar de nós, A Página da Educação, em homenagem ao imperativo cívico de todos os obreiros que, ao longo de 25 anos, se empenharam no que se poderá considerar a campanha infindável da Educação.

Leonel Cosme

 

022. RICARDO VIEIRA

“A mediação intercultural implica a flexibilidade de quem recebe e de quem chega, sejam imigrantes, sejam os refugiados sírios, ou quaisquer outros, e busca encontrar um terceiro lugar e construir terceiras pessoas; como num casal, tem de haver concessões das duas partes. Portanto, a mediação é uma ferramenta para que não haja engano das populações e não seja sempre a voz autoritária da cultura hegemónica e do professor a dizer que é inclusivo, mas está a formatar para serem todos iguais… Na sua grande utopia, a mediação é uma filosofia e uma prática construtora de terceiros lugares entre posições que, por vezes, são muito fundamentalistas.”

Entrevista conduzida por António Baldaia

 

088. Os brinquedos como texto cultural

O brinquedo parece suscitar pouco interesse entre pesquisadores das ciências humanas, especialmente se considerarmos a sua imensa variedade, produção e circulação.

Marisa Vorraber Costa

 

090. Desmontando o texto poético na sala de aula

O que a linguagem poética faz é jogar com as palavras. O jogo com o poema é sua desconstrução e reconstrução, exercício de liberdade poética.

José Miguel Lopes

 

092. A pretexto de Bob Dylan

The answer, my friend, is blowin’ in the wind. Assim começou uma carreira poética a que o Nobel da Literatura 2016 faz justiça.

Salvato Teles de Menezes

 

094. Literatura, o logro da liberdade

O ato da criação literária é um ato de descoberta, de aventura, de precisão, de invenção. É um confronto com os preconceitos, um grito contra a resignação, uma leitura da realidade.

Luís Vendeirinho

 

096. Memória e ensaio

«Acta est fabula», de Eugénio Lisboa, e «Clave de sol/Chave de sombra», de Teresa Martins Marques.

Júlio Conrado


  
Revista nº 208


  

Contactos de correio electrónico
redaccao@apagina.pt | revista@apagina.pt | livros@profedicoes.pt

67 visitantes nos últimos 20 minutos